img-edificio-charles-chaplinSir Charles Spencer Chaplin, nascido em 16 de Abril de 1889, na Inglaterra, foi o ator e diretor que ganhou fama internacional com a figura patética mais engraçada de um pequeno vagabundo do cinema mudo americano. Após dois anos da sua primeira apresentação em 1914, tornou-se uma das personalidades mais conhecidas dos EUA. Já no início de 1920 o seu sucesso era tão grande que nenhum estúdio podia atender às exigências do seu talento, e por isso aparecia somente em filmes dirigidos por ele mesmo. Contrariamente ao que se esperava sua fama não diminuiu com o advento do cinema sonoro, surgido no final dos anos 20, pois seus primeiros trabalhos foram reconhecidos como clássicos do cinema e continuaram a conquistar novos públicos.

Chaplin teve infância pobre e sofrida com sucessivas entradas e saídas de internatos e orfanatos. Sua carreira no cinema foi iniciada em dezembro de 1913, com salário de US$ 150,00 por semana. A caracterização – chapéu coco, paletó apertado, calças largas, sapatos grandes, bigodinho e bengala – apareceu no segundo filme Kid Auto Races in Veneza (1914). Somente em The Tramp (1915) surgiu o personagem patético que tornou o pequeno vagabundo ao mesmo tempo divertido e amado. Como escritor, diretor e intérprete dos seus próprios filmes Chaplin ficou em posição privilegiada para explorar todas as implicações do personagem, o que lhe valeu fama e riqueza. Em 1975, a Rainha Elizabete II concedeu-lhe o título de nobreza, em reconhecimento aos serviços prestados à Coroa Britânica.

Pressionado pelo governo americano pela cobrança de impostos e por suas ligações com políticos e jornalistas supostamente simpáticos a causas subversivas, ele deixou os EUA em 1952. Informado de que seu retorno seria questionado pela justiça americana, renunciou à sua autorização de retorno na cidade de Genebra, em 1953. Somente voltou aos EUA em 1972 para receber um prêmio especial da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas. Faleceu em 25 de  Dezembro de 1977, na Suíça, país onde viveu seus últimos anos.